Peru

Peru em 15 dias.

Para ver o roteiro completo em pdf, clique aqui: Roteiro_Peru

Localizado na América do Sul, o Peru oferece uma grande diversidade cultural e inúmeras riquezas naturais. Prepare-se para respirar o ar puro dos Andes, disfrutar de um pôr-do-sol no meio do oásis, visitar a alegre capital de Lima, caminhar pela pérola branca de Arequipa, subir até ao mítico Lago Titicaca, ouvir fantásticas histórias sobre os Incas na cidade de Cuzco, contemplar a harmonia entre o homem e a natureza nas ruínas de Machu Picchu, e para os mais aventureiros admirar 5 mil anos de história do alto do Huayna Picchu.

Lima

O dia nublado é uma característica desta cidade onde raramente chove e o sol pouco aparece. Mas engana-se quem pensa que é uma cidade cinzenta. Lima apresenta-nos uma linda paisagem onde o verde dos jardins sobre as falésias contrasta com o azul do mar, lá em baixo. Lima atrai os interessados em história, os amantes de museus, os colecionadores de artesanato, os apaixonados por praias e os apreciadores de uma boa comida. Dois ou três dias é o tempo ideal para disfrutar da cidade e conhecer os seus principais atrativos.

03_Lima06_Lima

15_Lima14_Lima17_LimaHuacachina

Situada a 5 horas de Lima, o oásis de Huacachina proporciona-lhe tranquilidade e aventura. Dunas gigantes, uma lagoa rodeada de palmeiras e pequenos hotéis rústicos, caracterizam este local, que atrai muitos viajantes. Caminhadas extenuantes até ao ponto mais alto das dunas para observar a paisagem, passeios de jipe ou descer as dunas em cima de uma prancha são algumas das principais atividades que Huacachina lhe oferece. Não perca o fantástico pôr-do-sol.

238.17238.421_Huacachina20_Huacachina238.48

Islas Ballestas

Outro dos passeios que se conseguem fazer a partir de Huacachina é o tour às Islas Ballestas que sai de Paracas. Nos dias de hoje, não é possível desembarcar nas ilhas mas os barcos conseguem chegar suficientemente perto para se conseguir apreciar a vida selvagem. Leões-marinhos, pelicanos-peruanos e pinguins são alguns dos animais que aqui habitam. Na ida, os barcos reduzem a velocidade para que os passageiros possam admirar e fotografar o famoso geoglifo El Candelabro.

22_Islas_Ballestas245
Arequipa

Situada entre o litoral e o planalto sul do Peru, no meio de vulcões adormecidos como o grande Misti, é conhecida como a Cidade Branca, já que as suas principais construções, principalmente as religiosas foram construídas com pedra vulcânica branca, sillar. Arequipa estende-se desde o deserto costeiro, quase ao nível do mar, até à Cordilheira dos Andes, onde se encontram os vulcões Chachani (6.075 m) e Misti (5.822 m). A sua geografia tão diversa abriga ainda os profundos cânions Cotahuasi e Colca. Dois dias é o tempo ideal para conhecer a cidade e poder visitar alguns vales e cânions. O núcleo central da cidade faz parte do Patrimônio da Humanidade da Unesco desde 2000.


28625_Arequipa27_Arequipa37436_Arequipa392 copy

Vale del Colca

O Cañón del Colca é o segundo cânion mais profundo do mundo. Ao longo do caminho é possível admirar a paisagem repleta de yaretas, uma das poucas plantas que consegue sobreviver nestas condições, e a vida selvagem que aqui prospera como os quatro membros da família sul-americana de camelídeos: a llama, a alpaca, o guanaco e as vicuñas. O passeio passa em alguma aldeias como a de Maca, Sibayo e Chivay e para umas 2h no Mirador de la Cruz del Cóndor. Posteriormente, você pode tomar um banho nas termas de La Calera e admirar as encostas do cânion.

38_Colca37_Colca449

Lago Titicaca

É um dos lagos mais altos do mundo, que parece um mar nas montanhas. Aconselho fazer o passeio de barco que inclui as ilhas de Uros e Taquile.

46_Titicaca43_Titicaca44_Titicaca47_Titicaca50_Titicaca

Cusco

A sedutora capital do império inca, onde séculos de história vibram nas suas ruas, praças, vales e povoados, é a mais antiga cidade habitada do continente e a porta de entrada para o Machu Picchu. Aqui a modernidade invade este património histórico criando contrastes como um KFC ou McDonald’s em plena Plaza de Armas. Sob o comando de Pachacútec deu-se a expansão e o crescimento do império inca, 100 anos antes da chegada dos conquistadores espanhóis. Cusco foi construída com a forma de um puma. Os principais monumentos que se ergueram para honrar as vitórias incas foram Saqsayhuáman, Qorikancha, o templo fortaleza de Ollantaytambo, e talvez Machu Picchu. A existência do Machu Picchu permaneceu em segredo durante muitos anos e a sua criação ainda continua envolta em mistério.

54_Qoricancha586 copy70_Cusco940

Písac ou Pisaq é uma fortaleza inca construída no pico de uma montanha. Está localizado 33km a nordeste da cidade de Cusco. O seu local arqueológico é um dos mais importantes do Vale Sagrado dos Incas. O Parque Arqueológico Nacional de Pisac consiste em agrupamentos arqueológicos com plataformas, aquedutos, caminhos associados a muralhas e fachadas, cursos de água canalizados, campos agrícolas, cemitérios, pontes, etc. Esta cidadela guarda o vale de Urubamba.704 copy

Ollantaytambo, é uma das ruinas mais bonitas do império inca. Esta cidade foi um complexo militar, religioso, administrativo e agrícola.
57_Ollantaytambo59_Ollantaytambo

A cidadela inca de Machu Picchu fica no topo de uma montanha, a 2.430m acima do rio Urubamba, envolta em névoa e rodeada por vegetação exuberante. Atualmente, este é o complexo arqueológico mais famoso e procurado do Peru, no entanto, devido à sua situação geográfica espetacular ficou escondida durante anos. Os conquistadores espanhóis nunca conseguiram descobrir a sua localização, e esta cidadela ficou esquecida no tempo.

A montanha de Huayna Picchu fica atrás das ruínas e tem 2.720m. Uma escadaria íngreme, escavada nas rochas permite chegar ao topo, onde se encontra um pequeno templo e de onde se tem uma vista espetacular sobre o Machu Picchu e a paisagem que o rodeia.


65_HuanaPichu

69_MachuPichu

63_HuanaPichu67_MachuPichu85861_MachuPichu

Salineras de Maras
68_Maras

Moray

69_Moray

Os comentários estão fechados.